O Que é Coworking? Como funciona, O Que Oferece e Vantagens!

por | dez 17, 2020 | Coworking | 0 Comentários

Ao começar um negócio, vários desafios já se apresentam, logo de cara. Além do capital inicial, também é preciso pensar nos gastos com o aluguel de um escritório. A maioria dos novos empreendedores, principalmente os pequenos, não tem dinheiro para investir em um escritório grande e bem localizado. 

Consequentemente, novas tendências estão surgindo no mercado, e uma delas é o coworking. Você já ouviu falar desse termo? Trata-se de um espaço onde várias empresas e freelancers compartilham o mesmo ambiente de trabalho e ideias. Todas elas dividem as despesas e os locais de área comum.

Além de econômico, a proposta é uma oportunidade incrível para incrementar ainda mais o networking. A troca de experiências entre várias pessoas, com negócios e cabeças diferentes, é uma oportunidade para o crescimento profissional e pessoal. 

Para facilitar sua leitura, separamos o artigo da seguinte forma:

Origem do coworking 

O termo coworking teve origem em 1999, pelo designer de games Bernie de Koven, com o objetivo de estender o ambiente de trabalho por meio online. Já em 2005, nos Estados Unidos, Brad Neuberg e mais dois empreendedores fundaram a Hat Factory, utilizando a ideia do coworking para espaço profissional compartilhado.

Não demorou muito tempo para que o conceito se espalhasse pelo mundo inteiro. Para você ter ideia, algumas pesquisas mostram que cerca de 3% do mercado de escritórios do mundo estão situados em espaços de coworking, e pode aumentar muito nos próximos anos.  

O primeiro coworking  no Brasil foi criado em 2007, em São Paulo. E assim como no resto do mundo, também cresceu exponencialmente.

Veja também:  O Que é Endereço Fiscal? Como Contratar e Benefícios!

Como funciona o coworking?

Como já foi dito, é muito simples. É um espaço profissional que pode ser utilizado por diversas empresas, autônomos e freelancers. Haverá um custo mensal para o uso do espaço compartilhado, que é infinitamente menor do que o aluguel de uma sala comercial ou escritório. 

Dentro do pacote estão inclusas algumas facilidades oferecidas, como recepção, internet, estrutura física e outros serviços a mais que cada coworking diferente disponibiliza. Você vai pagar um valor de acordo com a sua necessidade, mensalmente ou por hora que usar, dependendo do plano selecionado. 

Além disso, independente do plano ou local,  você deverá seguir certas regras de boa convivência.

Para escolher qual coworking irá usar, pesquise um espaço na sua região e entre em contato para marcar uma visita ao local. Depois disso, experimente por ao menos alguns dias. Alguns espaços – a maioria – oferecem um período de avaliação gratuita. 

O que um coworking oferece?

São vários os serviços oferecidos por um coworking. Eles podem ajudar tanto com relação à otimização de custos quanto no crescimento profissional. Entre os principais serviços oferecidos estão:

  • Salas privativas (perfeitas para reuniões particulares e para receber possíveis clientes);
  • Estacionamento próprio;
  • Internet;
  • Escritório virtual;
  • Estações compartilhadas;
  • Recepção;
  • Estrutura física;
  • Sala de reunião;
  • Auditório;
  • Espaço de convivência;
  • Impressoras.

Benefícios do coworking

Certamente, existe uma série de benefícios do coworking que vão além do corte de gastos, que já se sustenta. Eles são:

  • Sem dor de cabeça com burocracia na hora de alugar um imóvel;
  • Compartilhamento de experiências;
  • Interação com muitas pessoas;
  • Possíveis formações de parcerias e novos jobs;
  • Expansão da sua rede de networking;
  • Ótimo custo-benefício;
  • Ambiente mais leve e descontraído, diferentemente do ambiente corporativo, que geralmente é mais pesado;
  • Endereço fiscal.
Veja também:  Domicílio Fiscal: O Que É? Como Funciona?

Desvantagens do coworking

Certamente você já entendeu que o coworking compensa muito, não é mesmo? Ainda assim, ele possui algumas desvantagens, como:

  • Falta de privacidade devido à grande quantidade de pessoas circulando no espaço;
  • Também é fácil você se dispersar no trabalho, por conta do ambiente ser leve e descontraído. 

Para quem o coworking é indicado?

Mas, no fim das contas, o coworking é indicado para todo mundo? Certamente não existe limitação, desde que o empreendedor se sinta mais à vontade. Apesar disso, existem alguns perfis de profissionais que tendem mais para esse modelo. 

Dito isso, normalmente, as profissões mais comuns nos coworkings são:

  • Profissionais de TI
  • Designers
  • Profissionais de comunicação
  • Advogados
  • Consultores
  • Coaches
  • Arquitetos
  • Engenheiros

As opções de profissões para se trabalhar em um coworking são infinitas. Existem também os coworkings temáticos, mais segmentados. Basta encontrar um coworking que se encaixe em seu perfil e mão na massa.

Coworking e escritório virtual

O coworking conta com a estrutura física que já vem inclusa no plano contratado, como por exemplo, o uso de internet, energia e água. Além disso, possui total suporte do coworking. Há a possibilidade de contato com profissionais de outros segmentos e outros serviços.

Em contraste, o escritório virtual conta somente com os serviços de atendimento telefônico, recebimento e gerenciamento de recados e correspondências, endereço físico e endereço fiscal.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *